Segunda-feira, 27 de outubro de 2003 INFORMÁTICA  -  ESTADÃO.

Curso de informática grátis online vence estigma de material pobre
Empresas e profissionais valorizam quem busca material na internet para estudar
Alex Silva/AE
Marcos Buono: promoção veio depois de curso HTML grátis

Aprendizes de informática não podem reclamar da falta de material para estudar: há muitos cursos gratuitos na internet em português.

 

No site Webaula www.webaula.com.br, não há taxa para 28 cursos da área. Flash MX, Programação ASP e Excel são alguns exemplos. O serviço gratuito já atraiu 475.463 alunos, que puderam acessar o material e tirar dúvidas sem pagar nada.

 

"Nossa intenção com isso é promover a inclusão digital", afirma o diretor do Webaula, Marcos Resende Vieira. Segundo ele, a empresa pretende manter a gratuidade. "Recebemos muitos e-mails de agradecimento", disse.

 

Para sustentar o serviço gratuito, o Webaula dá treinamentos corporativos. "A gente joga o pão e pesca um pouco", ilustra.

 

O analista de suporte Marco Antônio Del Buono Júnior aprovou o curso de HTML que fez no Webaula gratuitamente. "Mistura teoria e prática", disse ele, que elaborou um site no decorrer do curso.

 

Com os novos conhecimentos, Buono pode conseguir um cargo melhor no emprego. "Estes cursos são bem vistos aqui na empresa onde eu trabalho", afirma.

 

 

Propaganda - Autor de livros de informática, Júlio Battisti também oferece cursos gratuitos pela internet: Excel básico Excel avançado e Access Básico. Com centenas de páginas, funcionam como uma vitrine para outros cursos pagos vendidos no site (http://www.juliobattisti.com.br). "É uma forma de mostrar que meu material tem qualidade e adquirir a confiança do aluno", disse. Battisti, que também trabalha como administrador de redes, está satisfeito com o rendimento dos seus cursos virtuais. "Dão mais dinheiro que meus livros."

 

Foi por acaso que o administrador de empresas José Luiz Tonello topou com o site de Júlio Battisti. Para sorte sua, o conteúdo lhe servia muito bem. "Precisava resolver um problema sobre o Excel que não estava nos manuais", conta ele, que aprovou o material. "É de fácil entendimento, com boa didática e conteúdo preciso."

 

Outro site que oferece cursos gratuitos e abertos é o Next Generation Center www.nextg.com.br, elaborado pelo IDG e mantido pela Intel.

 

Voltados para profissionais da área de tecnologia ou áreas associadas, os cursos do Next Generation Center são temáticos e levam cerca de dois meses para serem concluídos. Assuntos como business value, CRM, mobilidade e e-business já foram abordados. Em novembro, dois novos cursos serão lançados.

 

No Brasil, o site já recebeu 51 mil cadastros. Destes participantes, 45% vive em São Paulo e 30% mora fora das cinco principais capitais do Brasil.

 

"O perfil é muito variado", afirma Elber Mazao, gerente de marketing para a América Latina da Intel. "Vai desde o pequeno empresário até diretores de grandes empresas."

 

Mazao afirma que a Intel criou o Next Generation com o objetivo de difundir conhecimento sem custo. "Preparando profissionais melhores, o mercado todo será beneficiado", acredita. (K.A.)