Como fazer Mídia Training para as lideranças empresariais

Técnicas avançadas de relacionamento com a imprensa

Com Francisco Viana

Francisco Viana é jornalista, ex-editor de Reportagens especiais da Revista Istoé, é autor do livro De Cara com a Midia - Comunicação Corporativa, Relacionamento e Cidadania, é especialista em midia training e gestão de crises.
Com grande experiência na área de consultoria a empresas, tem prestado consultoria a Organização Bradesco, Construtora Andrade Gutierrez, Abiquim(Associação Brasileira das Indústrias Químicas), Grupo Millenium, Associação Brasileira de Investidores em Energia Elétrica, Sindicom( empresas distribuidoras de Petroléo), Construtora Walter Torre, STP - Brasil entre outros.Também atua na área de comunicação pública, a exemplo do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Ministério da Integração e Prefeitura de São Paulo. Também, foi repórter especial dos jornais A TARDE ( Salvador) O GLOBO, colaborador das Revista Carta Capital e da revista da CNI - Confederação Nacional da Indústria, revista da Bolsa de Valores de São Paulo e editor da REVISTA BRADESCO, além de ter editado a coleção Grandes Empresários, com 20 títulos, da Revista Dinheiro. Durante mais de 12 anos trabalhou na Revista Istoé como editor de reportagens especiais, sob a direção de Mino Carta. Colaborou para publicações como jornal Opinião, Pasquim e Vogue. Na empresa de Comunicação FSB, ocupou o cargo de diretor de Comunicação Estratégica. Atualmente, é sócio-diretor da Allcommpartenrs, articulista da Gazeta Mercantil e da Revista Imprensa. Está publicando um novo livro voltado para o jornalismo empresarial – Comunicação Empresarial de A a Z, pela editora CLA.

CONCEITO

O Mídia Training De Cara com a Mídia é inspirado no conceito de Comunicação Total. Como a ética e a transparência das relações com a sociedade são uma exigência dos tempos de democracia, o relacionamento com a mídia deve ser encarado como uma ferramenta estratégia para demonstrar a convergência das corporações para com as demandas da sociedade.

Nesse contexto, o programa deste curso avançado passa a contribuir para envolver lideranças de todas as áreas da corporação num mesmo propósito de aprimorar posicionamentos e conteúdo de mensagens. Ao formar e atualizar porta-vozes, o treinamento tende a semear, sempre, resultados práticos e muito positivos. Não apenas naquilo que se refere ao conjunto da mídia, mas, sobretudo, ao relacionamento com a sociedade que é onde se encontra a verdadeira fonte de consolidação da imagem e reputação das empresas, das entidades e dos poderes constituídos.

Em todas ocasiões, a proposta essencial é construir e aprimorar permanentemente a cultura da Comunicação.

ENFOQUES

• Dinâmica da Mídia. Visa aprimorar o conhecimento relativo ao funcionamento das redações (jornais, rádios televisões e outros veículos eletrônicos), ao trabalho dos jornalistas, das técnicas de comunicação e, em especial, o impacto das notícias junto à opinião pública.
• Relacionamento. Incentiva o permanente e saudável integração com jornalistas de modo a tornar visível para esses as estratégicas empresariais..
• Imagem e Reputação. Demonstra o processo de formação da imagem e aponta caminhos para transformar a mídia e a sociedade em aliadas nas ações das empresas por meio de uma política de diálogo, transparência e coerência.
• Gestão de Crise. Incentiva a prevenção de momento de dificuldades e contribui para gestão de problemas junto à opinião pública que escapem ao controle da empresa.

OBJETIVOS

• Reforçar a visão positiva das empresas neste momento de transição da sociedade;
• Evitar os erros e equívocos que ocorrem com freqüência no relacionamento com a mídia;
• Ajudar na seleção de mensagens que informem e formem a opinião pública, com reflexos saudáveis na política de relacionamento com a mídia e a sociedade;
• Aperfeiçoar a performance das lideranças e de porta-vozes a partir de exercícios simples e práticos;
• Elevar a percepção para a criação de pautas e a visão política dos acontecimentos;
• Dar subsídios para o planejamento de entrevistas, preparação prévia de perguntas e respostas, avaliação de conjunturas e contexto político.
• Compartilhar experiências que contribuam para aprimorar a formação de assessores de imprensa e porta-vozes.
• Reforçar os conceitos de planejamento estratético de comunicação e a necessidade de investimentos na área por parte das empresas e dos governos.


O Programa Básico.

Introdução – Visões da transição brasileira sob a ótica dos desafios e impasses da comunicação.
Case: governo JK, Governos do ciclo militar e Governo Lula. O que é melhor para o País: uma emprensa forte, uma imprensa dependente ou uma empresa frágil e economicamente vulnerável?

Parte I- Inovação e mudança em comunicação

O modelo Antigo

• Low Profile.
• Acesso ao poder em lugar de comunicação.
• Jornalistas como inimigo ou jornalista como amigo.
• Aliança com os proprietários de jornais e veículos de comunicação.
• Indiferença com relação à opinião publica
• Comunicação como ferramenta acessória, reservada apenas para momentos de crise ou grandes dificuldades.

Pecados capitais

• Ignorar os fatos
• Falsificar os fatos
• Emocionalizar os fatos
• Superdimensionar os fatos
• Manipular os fatos
• Mentir com relação aos fatos


O Verdadeiro Desafio

• Criar a Cultura da Comunicação

• Construir e Consolidar o relacionamento com a mídia

• Construir imagem e reputação positiva

• Definição de estratégia

• Definição de estrutura

• Definição de operação e investimento.


Novo Modelo

• Portas Abertas.
• Porta-vozes profissionalizados.
• Envolvimento da alta direção e das lideranças.
• Respeito a opinião publica.
• Identificação de interlocutores chaves
• Comunicação continuada.
• Convergência em lugar do conflito.
• Compromisso ético.
• Multimídia atualizada.

Principais obstáculos.

Paradigmas do Passado.

Como transitar do antigo para o novo modelo.

· Treinamento: a ferramenta mais potente e útil para semear a cultura de comunicação e desmontar preconceitos com relação a mídia.
· Dialogo permanente com a imprensa e a sociedade.
· Visão política da comunicação.

Novas tendências.


• Integração com a sociedade: motor do progresso e da evolução.

• Em momentos de expansão, conversar com a mídia antes da inauguração de novas fabricas ou de lançamentos de novos produtos em novas praças.

• Comunicação de qualidade estimulando a formação de lideranças.

• Comunicação como vantagem competitiva.

Os princípios essenciais.

Qualidade X quantidade

Assessoria de comunicação: network/conteúdo/atendimento.

Cultura de mídia.

Cases: Banco Econômico/ Histórias de chantagem no meio jornalístico/ Mídia Training para moradores de um prédio construído em terreno contaminado.


Parte II - Comunicação e Competitividade.
• A mídia e o cenário político brasileiro.
• A empresa, o Estado e a sociedade: desafios e impasses da concorrência.
• Tendências da comunicação moderna.
• Comunicação interna e Comunicação externa: relação de vasos comunicantes.
Case: por que grandes empresas estão quebrando?
Minha experiência na Enron.

Parte III – A Estratégia do Diálogo.
• O que é comunicação estratégica?
• Comunicação empresarial: conflito, ambigüidades e integração.
• Teoria, prática e posicionamento.
• O papel do porta-voz.

Case: as empresas distribuidoras de combustíveis/ a ética concorrencial.

Parte IV – Os artesãos noticia.
· O que é notícia?
· Jornais e Jornalistas: os novos donos do poder.
· Como trabalham os jornalistas.
· Ser fonte: vantagens e dilemas.
· A doutrina e a prática.
· Papel das assessorias de comunicação.
· Recomendações úteis.
Case: a terceira face de Janus- a Crise na Imprensa.

Parte V – Gestão de Crises e Riscos

· Criação de Plano e Manual de Crises e Riscos;
· Como as empresas vêm as crises;
· Como a mídia avalia as crises;
· Treinamento e informação dos elementos-chave da organização para a prevenção e gestão de crises e riscos;
· Ações práticas, estratégicas, técnicas e instrumentos de comunicação.
· Características da comunicação em momentos de crise.

Case: o assessor como porta-voz da empresa. Uma crise que não aconteceu envolvendo uma construtora e o Ministério Público em Campinas.

Parte VI – Debates.

*Todos os participantes receberão paper com os principais conceitos do Programa De Cara com a Mídia.

Informações e inscrições: (11) 3662-3990 ou cursos@aberje.com.br

Data: 28 e 29 de maio de 2004
Local: Av. Angélica, 1757 - 12º andar -SP
Horário: 9h às 13
Preço:
Associado: : R$ 1.250,00
Não-associado: R$ 1.450,00