DESCRIÇÃO DO CARGO DE ASSESSOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS

 

Roberto Porto Simões

Professor da FAMECOS -– PUC/RS

 

O recrutamento de profissionais de Relações Públicas, através de anúncios nos jornais, tem revelado indícios de desconhecimento desta atividade por parte dos responsáveis pelo recrutamento, quer seja o próprio empresário, quer seja o encarregado pelos recursos humanos.

Se me permitem o exemplo, a fim de clarificar este ponto, o nível atual de solicitação de profissionais de Relações Públicas, comparando-se à medicina, seria o de solicitar um médico, com curso de auxiliar de enfermagem, para a única tarefa de aplicar injeções, ou seja, um absurdo. Porém os anúncios continuam, significando a necessidade, apesar dos erros de conteúdo e forma. Isso nos leva a inferir dois pontos:

*

a potencialidade dos profissionais de Relações Públicas não está sendo corretamente explorada.

*

talvez esteja acontecendo também com outras profissões, caso isso seja verdade.

Dito de outro modo, a empresa não está sendo eficaz no uso de seus recursos humanos e, assim, jogando dinheiro pela janela. Portanto, julgamos útil explicar uma descrição de cargo ampla do assessor de Relações Públicas, buscando minimizar, na parte que nos diz respeito, o mau aproveitamento dos insumos de pessoal.

Cargo

Assessor de Relações Públicas

Objetivo:

*

Otimizar o processo decisório organizacional nas políticas e atividades de Relações Públicas.

*

Estabelecer a integração os grupos que afetam os objetivos da organização.

Funções

Pesquisa, Planejamento, Assessoramento, Execução, Coordenação e Avaliação.

Tarefas:

*

Em Pesquisa:

*

Realiza e/ou manda realizar por empresas especializadas em sondagem de opinião, pesquisas de opinião e atitudes sobre a imagem, o conceito e a credibilidade da organização;

*

Coleta informações através da imprensa escrita, falada e televisionada;

*

Identifica e caracteriza os públicos (grupos que afetam os objetivos da empresa);

*

Realiza pesquisa de leitura e leitura e leiturabilidade;

*

Realiza pesquisa de hemerografia;

*

Coleta sugestões solicitações e queixas;

*

Analisa e interpreta os dados das pesquisas;

*

Experimenta novos métodos e técnicas de Relações Públicas.

*

Em Planejamento:

*

Elabora o planejamento de Relações Públicas, constituído de objetivos, estratégia, tarefas, cronogramas e orçamento;

*

Elabora programas de Relações Públicas;

*

Seleciona métodos e técnicas de Relações Públicas.

*

Em Assessoria:

*

Fornece pareceres, apresenta alternativas e recomenda atividades à decisão da Direção sobre: estratégia e políticas de Relações Públicas; políticas de propaganda institucional; política de mecenato (doações), motivação dos recursos humanos e política de responsabilidade social;

*

Assiste à Direção e qualquer elemento de organização em todas as oportunidades de representação da empresa.

*

Em Execução:

*

Cria, redige, produz e distribui informações específicas do seu setor, tanto para a imprensa, como para outros públicos específicos;

*

Supervisiona a criação e a produção de folhetos, cartazes, quadros de avisos, mostras, audiovisuais, filmes, relatórios e outras peças;

*

Organiza e realiza atos culturais, como, congressos, conferências, seminários, encontros, etc.;

*

Organiza e realiza atos sociais como, aniversários, jantares, coquetéis;

*

Organiza e realiza eventos especiais, como, inaugurações, comemorações, visitas, open-house, viagens;

*

Dirige o cerimonial;

*

Redige discursos, mensagens etc;

*

Organiza e assiste entrevistas individuais e/ou coletivas com a imprensa ou outros grupos;

*

Visita líderes de opinião;

*

Representa a empresa em atos públicos;

*

Supervisiona o arquivo de públicos, de imprensa, fotográfico, clichês, fotolitos, discos, documentação etc;

*

Administra material, pessoal e verba do seu setor;

*

Informa à Direção de todos os problemas de Relações Públicas em potencial, recomendando soluções (10% do seu tempo);

*

Emite e responde correspondência.

*

Em Coordenação:

*

Coordena as políticas e atividades das filiais e dos setores (departamento) da organização.

*

Em Avaliação:

*

Avalia os resultados dos planejamentos, programas, métodos e técnicas, orientando as reformulações ou esforços necessários.

Repórter

O assessor de Relações Públicas reporta-se à Direção, ligando-se, contudo, em nível técnico, administrativo e operacional a todos os setores da empresa.

Nível de instrução e experiência

Curso universitário de Relações Públicas e com uma experiência mínima de cinco anos.

Pessoal subordinado

O elemento principal de auxílio ao Assessor é o Assistente de Relações Públicas, cuja função é secundar o Assessor em suas atividades e realizar todas aquelas tarefas que venham a facilitar o trabalho da chefia. O nível de instrução deste elemento também deve ser universitário (pois será o substituto imediato em qualquer caso de ausência, em outras palavras, o "sombra"), no entanto não é necessário nenhuma experiência. Boa política, neste nível, é admitir estagiários.

Finalizando, sugerimos que no processo de administração, antes de formar o contrato de trabalho, seja realizado o contrato psicológico entre o Diretor e o Assessor, isto é, seja esmiuçada a descrição de cargo e as expectativas de ambas as partes quanto ao trabalho a ser realizado, a fim de que o assessor possa, saiba e queira desempenhar corretamente sua função e de que as expectativas da Direção não sejam frustradas, mas correspondidas e assim haja um diálogo ente as partes.

Originalmente publicado no número 8 do jornal O Público, órgão informativo da Associação Brasileira de Relações Públicas – Seção Estadual de São Paulo, em abril/maio de 1980, página 4.