UNIBANCO ECOLOGIA: 5 ANOS, 200 PROJETOS
(1991 A 1996)

 

Empresa

UNIBANCO

 Responsável

Sandra Martinelli

Ano da Premiação

1996

 

O case history que temos o prazer de inscrever no Prêmio Opinião Pública 1996 apresenta o balanço dos cinco anos da bem-sucedida atuação do programa comunitário Unibanco Ecologia, descrevendo seus objetivos, estratégias de comunicação, principais projetos, resultados alcançados desde sua criação e a conquistou 19 prêmios nacionais e internacionais – como importante reconhecimento público.

          HISTÓRICO

Partindo de uma compreensão mais abrangente do papel social que cabe às organizações – especialmente diante de um quadro de degradação da vida e do planeta –, o Unibanco acreditou que poderia ser um importante agente de mudança na sociedade, ao apoiar projetos voltados para a melhoria da qualidade de vida e preservação do meio ambiente nas comunidades em que mantém agências.

A partir dessa compreensão, foi criado, em 1991, o programa Unibanco Ecologia, que se fundamenta no princípio de “pensar globalmente e agir localmente”, estreitando os laços que unem a instituição às comunidades onde atua.

Unibanco Ecologia surgiu com a proposta de apoiar projetos voltados para a recuperação de áreas degradadas, para educação ambiental e para a coleta seletiva de lixo.

          OBJETIVOS

Integrar e estreitar laços com a comunidade.

Contribuir para a melhoria da qualidade de vida das comunidades em que o Unibanco está presente, assumindo o papel de empresa-cidadã.

Ter, no mínimo, um projeto em cada município em que o Unibanco está presente.

          PREMISSAS

O sucesso do programa Unibanco Ecologia está diretamente ligado à estratégia de envolver os gerentes gerais da rede Unibanco – interfaces do programa junto às suas comunidades – na missão de identificação de projetos em suas cidades.

Os gerentes gerais, por estarem integrados às suas comunidades, exercem papel fundamental na indicação dos projetos enviados para a apreciação e seleção do Comitê de Ecologia do Unibanco – órgão responsável pela aprovação dos projetos e constituído pelo Presidente, Vice-Presidente, membros da Diretoria,

Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administração e o Diretor de Marketing.

A agência que tem seu projeto aprovado pelo Comitê de Ecologia, passa a ser denominada Agência

Madrinha, ficando sob sua responsabilidade o monitoramento do projeto junto à entidade beneficiada.

Em junho de 1995, foi lançado para os gerentes-gerais, o manual "Como Captar e Divulgar Projetos

Ecológicos". O manual descreve o programa e as ações necessárias para a captação de projetos, bem como para a divulgação dos projetos aprovados.

          EXECUÇÃO

Público Interno

Utilização dos veículos internos de comunicação – Revista Unibanco, Assuntos da Semana, TV Unibanco, o mural Em Cartaz, o boletim Destaque  – para disseminar o programa junto aos funcionários, buscando adesão, defesa e divulgação do projeto, junto à comunidade.
Realização de exposições fotográficas nos prédios administrativos da instituição na Semana do Meio Ambiente e da Primavera, para divulgar a atuação do programa.

Envio regular de vídeos, cartas, folhetos para os gerentes-gerais das agências Unibanco – captadores de projetos em sua comunidade – com informações sobre as ações do programa.

Clientes

Envio de material promocional para exposição na rede de agências.

Divulgação de mensagens do Programa Unibanco Ecologia, nos extratos bancários, tela do Unibanco 30 Horas Micro e Unibanco 30 Horas Pocket.

Envio de convite para eventos de lançamento e/ou entrega de projetos patrocinados.

Imprensa

Desenvolvimento de trabalho de assessoria de imprensa junto às editorias de meio ambiente e negócios dos principais veículos de comunicação do país.

Envio regular de press kit para a imprensa, incluindo a mídia especializada, contendo informações atualizadas sobre o programa.

Envio de press release e press kit para a imprensa regional, por ocasião da inauguração ou entrega de projetos à comunidade.

Formadores de Opinião

Envio de convites para eventos de inauguração de projetos.

Envio de carta personalizada do Unibanco Ecologia, informando sobre o patrocínio realizado na cidade.

Colocação de placas informativas, em pontos estratégicos da cidade, sobre o projeto patrocinado pelo Unibanco Ecologia.

          RESULTADOS

Desde sua criação, em 1991, o Unibanco Ecologia conquistou 20 importantes prêmios nacionais e

internacionais – Prêmio ECO, Expressão de Ecologia, Marketing Best, Top de Ecologia, Prêmio Felaban,

Top de Marketing, Gold Quil Awards, Destaque de Ecologia, Supertop de Marketing, Ação Verde, Árvore

da Vida, Mico-Leão Dourado – alguns deles em mais de uma edição.

Em apenas cinco anos, Unibanco Ecologia já superava a marca dos R$ 5 milhões em investimentos nos 212

projetos aprovados dentre as 1.900 propostas recebidas e analisadas, beneficiando 119 entidades, estando presente em 122 municípios, o que representa uma cobertura de 54% das comunidades em que o Unibanco mantém agências. Com a assunção de mais 338 agências bancárias do Banco Nacional, em 18 de novembro de 1995, a cobertura do programa passou a ser de 41%. Portanto, agora, com pouco mais de 800 agências, o desafio é ainda maior.


FONTE: CONRERP em Ação, São Paulo, v. 5, n. 7, p. 2-3, dez. 1996.CONRERP 2ª Região – São Paulo/Paraná